in

Falta de sexo: o que a abstinência pode provocar?

abstinência sexual

O sexo é uma necessidade básica do corpo. Faz bem à saúde tanto a nível físico quanto emocional. Tem um impacto positivo na saúde do coração, faz bem à pele, melhora o sono, estimula a longevidade e deixa as pessoas mais bem-dispostas. Os benefícios são muitos, mas e o contrário? O que pode provocar a abstinência?

A rotina, o excesso de trabalho, o cansaço, traumas, perda de emprego, obesidade, fim de um relacionamento e decisões pessoais, são todos motivos para não fazer sexo. Mas, independentemente das razões, a verdade é que a falta de sexo pode trazer mais problemas do que imagina.

Cada corpo reage de uma forma, mas há alguns pontos que são comuns a todos.

7 efeitos da abstinência sexual

1.     Aumenta o stress

Tanto para o homem como para a mulher, o aumento dos níveis de stress é uma das principais consequências da abstinência sexual. O sexo e os orgasmos têm a capacidade de relaxar o corpo através da liberação das hormonas relacionadas ao prazer. Além disso, reduzem os níveis de cortisol que é a hormona responsável pelo stress.

A falta de sexo provoca tensão no corpo, o que se reflete em mau humor e stress, tornando as pessoas menos aptas a lidar com as dificuldades do dia a dia.

2.     Baixa a imunidade

A falta de sexo afeta de forma negativa o sistema imunológico. Fazer sexo uma ou duas vezes por semana aumenta os níveis de imunoglobulina A, que é o anticorpo responsável por combater gripes, resfriados e outras infeções.

3.     Afeta a qualidade do sono

Quando fazemos sexo e temos um orgasmo, o nosso corpo libera endorfina e oxitocina que são substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. Em consequência, teremos um sono mais reparador. Não é à toa que depois do sexo ficamos mais relaxados.

4.     Aumenta o risco de cancro da próstata

Uma atividade sexual mais frequente por parte dos homens pode reduzir a probabilidade de cancro da próstata. Tal ocorre porque durante a ejaculação, substâncias nocivas são eliminadas da próstata. Portanto, quanto menos um homem ejacula, maior a probabilidade de não expelir estas substâncias perigosas.

5.     Provoca o enfraquecimento da memória

Existem alguns estudos que relacionam o enfraquecimento da memória à falta de sexo. A justificação para esta afirmação é de que a prática regular de sexo produz uma atividade neuronal mais intensa. Portanto, quem tem uma vida sexual mais ativa é melhor a recordar memórias.

6.     Cabelo e pele ficam menos viçosos

Durante o sexo há a liberação de hormonas que ajudam na produção de nutrientes, como o colagénio, essenciais para manter o brilho e elasticidade da pele e dos cabelos. Além disso, o suor produzido durante o sexo limpa os poros da pele, tornando-a muito mais saudável, lisa e macia.

7.     Baixa a autoestima

A falta de uma vida sexual ativa também afeta o nosso comportamento. Tanto o homem como a mulher quando não se sentem desejados, acabam por desenvolver uma baixa autoestima.

Independentemente do motivo pelo qual o sexo não tem presença ativa na sua vida, é importante fazer um esforço para mudar esta situação. O desejo sexual pode voltar aos níveis mais altos em pouco tempo de prática.

Se gostou de saber mais sobre os problemas que a falta de sexo pode causar, partilhe este artigo com os seus amigos.

Sexo em locais públicos

Sexo em locais públicos? Estes são os sítios preferidos

69

Gosta do “69”? Saiba como aumentar ainda mais o prazer no sexo