in

Sexo depois dos 40

Mulher sexy de 40 anos

O sexo depois dos 40 anos pode ficar melhor ou pior. Depende de cada pessoa!

Aos poucos esta ideia vai se alterando, mas ainda existem muitas pessoas que ainda acham que quem passa dos 40 já não tem uma vida sexual ativa. Ou que pelo menos diminui muito a frequência. Será que é verdade?

Embora haja cada vez mais informação sobre a sexualidade, ainda perdura nas sociedades ocidentais uma espécie de estigma associado à vida sexual na meia-idade.

Na verdade, o que ocorre depois dos 40 anos, tanto para os homens quanto para as mulheres são mudanças a nível hormonal. Na realidade, estas alterações podem afetar a excitação sexual, a libido e o conforto físico geral durante a relação sexual.

No entanto, isso não significa que as mudanças sejam para pior. Pode acontecer justamente o contrário. Normalmente, é nesta altura da vida que as mulheres por exemplo, já estão mais seguras em relação ao seu corpo. Conhecem-no melhor. Já sabem o que gostam ou não na cama.

Para os homens, os níveis de testosterona começam a baixar e é certo que já não terão a mesma quantidade de ereções que tinham aos 20. Contudo, isso não significa que não possam ter uma vida sexual bastante ativa, com a libido em alta.

Deixamos algumas dicas que podem ajudar a melhorar a qualidade do sexo depois dos 40 anos.

Cuidar de si mesmo

Atividade física

Estar saudável a nível físico e mental é o primeiro passo para cuidar da libido. Portanto, é fundamental praticar atividade física com regularidade para nos sentirmos melhor com a nossa aparência.

E não só. Quem é sedentário, aparenta ser mais desinteressado e indiferente para com o parceiro. Além disso, a atividade física ativa a parte do cérebro que controla a serotonina e dopamina, as quais têm papel fundamental na questão do aumento do prazer.

Reduzir o stress

É também preciso reduzir o stress, um dos maiores responsáveis pela diminuição da libido. Equilibrar o trabalho, cuidados com a família, finanças, etc., não é tarefa fácil.

No meio da loucura do dia a dia, é fundamental procurar atividades que ajudem a relaxar. Meditação, Yoga, ou simplesmente exercícios respiratórios podem ajudar muito.

Alimentação

Ter cuidado com os alimentos que ingerimos é outro fator a ser levado em consideração. Comidas industrializadas, repletas de conservantes e gorduras não ajudam a ter um corpo atraente e muito menos saudável.

O ideal é optar por uma alimentação mais saudável. Dar preferência aos legumes, verduras, frutos e oleaginosas é o melhor. Além disso, também existem os alimentos considerados afrodisíacos que podem ser ótimos para sensibilizar nosso sistema limbico e aumentar o desejo sexual.

Além destes cuidados a ter consigo mesmo, é preciso ainda liberte-se de medos e inseguranças. Com o passar dos anos é natural o corpo sofrer mudanças. É preciso aceitá-las e não ter receio de julgamentos. Nem em relação ao corpo e muito menos no que se refere a preferências sexuais. Assuma o que gosta e o que não gosta na altura de fazer sexo e seja feliz!

Sexo depois dos 40 anos não é um bicho de sete cabeças. Muito pelo contrário, pode ser uma fase da vida em que a experiência adquirida é uma grande mais valia.

Se gostou deste artigo sobre sexo depois dos 40 anos, partilhe com os seus amigos.

Mulher em lingerie vermelha rendada em cima do homem - vantagens de uma rapidinha

5 Vantagens de uma rapinha

Mulher com preservativo no bolso de trás das calças. Prevenção de DST's

DST’s o que são e como prevenir